terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

NIETZSCHE



A enfermidade,porém, não o abandonava: enxaquecas,dores na vista,problemas estomacais,acessos de vômito.Seu estado de saúde tornava-se desesperador.Em 1879,Nietzsche atravessou mais de setenta horas de dores ininterruptas, mais de cento e dezoito dias de crises graves.Uma das crises mais violentas de toda sua existência sobreveio com o final do ano.Mas os primeiros dias da primavera vieram atenuar seus sofrimentos; sentia-se renascer das próprias cinzas.

Não mais suportava a dor,aprendera a ama-la.

Descobrira "a fórmula da grandeza do homem":

Amor Fati .Não evitar nem se conformar e muito menos dissimular, más afirmar o necessário, amar o que não pode ser mudado.

(extraído do livro O pensamento vivo de Nietzsche)

Nenhum comentário:

Postar um comentário